NUANCES DA INTENCIONALIDADE

Nesta conexão, Randal chama atenção para o fato de que “coisas” não têm intencionalidade de causar assombros. Os eventos indesejáveis são percebidos por nós a partir de arranjos mentais consignados a aspectos culturais. As falhas dos empreendimentos estão relacionadas a erros ao mensurar os limites humanos em dimensionar os complexos limites dos riscos operacionais. Para lidar com essas complexidades não bastam as soluções gerenciais do século 20; por essa razão é que a Gestão de Emergências ingressa para solucionar as complexidades do século 21.