A arqueologia que pensa molhado

Enquanto com os astronautas aprendemos sobre a possibilidade de conhecer outros mundos, como mergulhadores aprendemos sobre a necessidade de conhecer melhor o nosso mundo e, em especial, os registros materiais do “acontecer humano” estudados pela Arqueologia Subaquática

https://www.linkedin.com/pulse/arqueologia-que-pensa-molhado-randal-fonseca/